Diferente dos homens, que fantasiam muito com o sexo anal, a maioria das meninas tem certo receio dessa prática. O principal medo é de sentir dor, o que é uma preocupação comum e superjustificável, já que realmente dói. “O ânus possui uma musculatura para expelir, não para inserir nada. Por isso é natural a contração e a dor”. Contudo, há alguns truques são capazes de diminuir o incômodo na relação.

O mais importante é estar decidida a chegar a esse nível de envolvimento, livre de tensão, e, depois, contar com a ajuda do parceiro para ir com bastante calma. “O dedo é o grande aliado para conseguir iniciar a penetração. Usando ele para tocar a entrada do ânus, basta esperar a contração, sem afastar o dedo. Depois de ‘fechar’, vai haver novamente um relaxamento.

Nesse momento, é preciso forçar um pouco mais e esperar uma nova contração.

Fazendo isso repetidas vezes, aos poucos, é possível chegar lá sem dor”.

Outro problema é a falta de lubrificação, que dificulta a penetração. A alternativa é usar géis à base de água. Existem, também, os Plug Anais que auxiliam na dilatação da musculatura anal.

“Tomando esses cuidados, o essencial é usar camisinha. Diferente da vagina, que tem um ph ácido capaz de promover maior proteção, o ânus é vulnerável a qualquer tipo de vírus e muito mais fácil de contrair doenças”.

Principais perguntas e respostas sobre sexo anal:

Como posso me preparar para o sexo anal?

– Existe a famosa chuca (lavagem retal com a introdução de um caninho de água no ânus, que pode retirar restos de fezes para evitar acidentes na hora H), mas que é completamente contraindicada pelos médicos. Segundo os especialistas, essa prática é perigosa e deve ser evitada.

O jeito é higienizar a entrada do ânus com água e sabão para tirar qualquer resíduo que permaneça na região, mas nunca tente lavar a parte de dentro.

Qual a melhor posição para fazer sexo anal?

– Existem duas posições clássicas mais fáceis para a penetração anal: a de lado, na qual quem vai ser penetrado fica de costas para o parceiro, e de quatro, na qual a mulher fica de joelhos e cotovelos na cama e o homem por cima realiza a penetração. Se for a primeira vez em que tentam essa prática, talvez a posição de ladinho seja mais confortável para a mulher, já que o ânus pode ficar mais relaxado e oferecer menos dor. Mas nessas horas não há muita regra: “A melhor posição é sempre a que os parceiros se sintam bem”

banner-pub_erotica-sexshop-quentes-e-carentes