É Possível Para uma Mulher Ter Sexo Casual Sem Culpa ou Arrependimento?

0
116
É Possível Para uma Mulher Ter Sexo Casual Sem Culpa ou Arrependimento

É possível ficar e ter sexo casual sem criar nenhum tipo de resposta emocional ou desejo de ligação? Essa não é uma pergunta do tipo “tamanho único”.

Para o objetivo desse artigo, vamos falar principalmente para mulheres, porque homens e mulheres são biologicamente programados diferentemente quando o assunto é sexo.

Então deixe-nos ser mais específicas: de modo geral, as mulheres são tão capazes e propensas quanto homens a fazer sexo casual e ainda encontrar satisfação além do momento físico?

Em 99% dos casos a resposta é não. Estou definindo uma “ficada” como fazer sexo ou qualquer encontro sexual além do bom e velho amasso com quem você tem nenhuma conexão emocional mútua ou relacionamento estabelecido.

É o cara que você acabou de conhecer que é lindo, confiante e paquerador. Ele te diz coisas que soam tão bem que você intuitivamente sabe que ele tem bastante prática dizendo para garotas.

Ou o cara que você conhece há um tempo que só te envia uma mensagem para ver se você quer “sair”, mas que nunca te chamou para um encontro de verdade.

Ou o cara por quem você teve uma mega queda apesar do fato de que ele está indisponível de algum jeito, mas que você simplesmente não pode negar a química.

Ou pode até ser o cara com quem você teve alguns encontros e agora sente-se obrigada a “se soltar” mais.

A maioria das mulheres não é capaz de ter uma relação de sexo casual. Por quê?

Vamos começar com biologia básica. Quando temos qualquer tipo de troca física com um cara, desde carinho até o sexo, liberamos um hormônio de conexão chamado oxitocina.

Quando liberamos a oxitocina, ela muda a química de nosso cérebro e começamos a nos sentir emocionalmente ligadas a quem quer que tenha a acionado. Se você acha que é totalmente capaz de ter casos sem significado ou realmente não está interessada em um cara, a oxitocina pode mudar tudo!

Até mesmo se você não tiver nenhum interesse em vê-lo novamente, as chances são altas de que você ainda queira saber dele só para ter certeza de que não foi completamente sem sentido.

E se você tinha algum interesse antes da ficada, a oxitocina vai te deixar querendo ainda mais. Você provavelmente vai checar seu telefone constantemente no dia seguinte para ver se tem um SMS com uma carinha e se encontrar distraída pensando nele.

Isso é dolorosamente natural.

Nosso desejo de nos conectarmos emocionalmente é ampliado quando nos conectamos fisicamente por causa da mudança hormonal em nosso cérebro e porque somos criaturas emocionais – o que é algo a ser celebrado, apreciado e respeitado!

Quando uma mulher faz sexo casual e ela não pede o que quer, não para o que não quer ou sente-se rejeitada de alguma maneira, é provável que ela experimente a chamada ressaca moral.

Essa ressaca vem de termos uma enxurrada de hormônios de conexão no nosso corpo sem ter com quem nos conectarmos.

Você pode se sentir desapontada, triste, com raiva, culpada e/ou envergonhada porque uma tonelada de oxitocina foi liberada sem nenhuma conexão emocional presente com outra pessoa para recebê-la.

Ouvimos muito falar de histórias “do dia seguinte”. Há muita dor e chateação por aí por se sentir rejeitada depois de ter ficado tão vulnerável, e no dado momento que você fique nua com alguém, isso é ser vulnerável!

Se você se identifica com isso, acalme-se: você não fez nada de errado. Arrependimento e autocrítica só vão te fazer sentir pior.

Mulheres que estão conscientemente andando por um caminho espiritual são ainda mais suscetíveis a esta ressaca moral.

Quando trabalhamos para nos tornarmos conscientes, ficamos mais abertas e conectadas. Grande parte do nosso crescimento espiritual se dá derrubando muros que perpetuaram nosso senso de desconexão.

Naturalmente nos tornamos mais sensíveis e nossa habilidade de investigar diminui.

Então, se você se sente mais aberta e expansiva, é bem provável que você vá sentir um desejo de se conectar em um plano emocional com a pessoa com quem você se conectou em um plano físico durante este “sexo casual”.

Intimidade sexual e física pode ser uma parte fantástica da nossa espiritualidade se a abordarmos conscientemente e escolhermos fazê-lo com pessoas com quem queremos e que sejam capazes de nos corresponder no nível em que estamos.

Do contrário, pode-se sentir apenas um vazio e insignificância e, honestamente, vale a pena?

Talvez você tenha que estabelecer limites para o sexo casual, mas considere que fazê-lo cedo demais pode ser um ato de amor próprio ou de se honrar.

Repense seus limites e considere como suas escolhas podem estar te afetando e contribuindo para o tipo de homem que você tem atraído. Da próxima vez que você tiver rela com alguém, por favor, pergunte-se estas coisas:

1. Estou fazendo isso apenas porque penso que é hora ou porque ele parece realmente interessado em mim e não quero que ele perca o interesse?

2. Estou fazendo isso esperando que me leve a um relacionamento?

3. Estou investindo nessa ficada para provar algo a mim mesma ou a alguém?

4. Quais são meus limites e eu os estabeleço e os honro?

5. Estou fazendo coisas que eu realmente não quero ou que não me sinto bem?

6. Estou permitindo que ele conduza e manobre com vários truques ao invés de estar em sintonia comigo/ com meu corpo?

7. Estou mais focada no desempenho ou em agrada-lo ao invés de no meu próprio prazer físico?

8. Eu vou ficar bem e não vou ficar desapontada de jeito nenhum se não souber dele amanhã ou nunca mais?

Seja honesta consigo. Eu entendo completamente que, quando alguns hormônios começam a se agitar (e especialmente se você adiciona qualquer tipo de álcool à mistura), sua mente não está sempre tão clara assim.

Acredite que o cara que for realmente o certo vai esperar seu tempo. Por favor, desconsidere qualquer crença limitadora de que há um programa para você “se soltar” ao qual você tem que aderir ao invés de sua própria voz interior.

Espere pelo cara que te leva a encontros de verdade, te faz perguntas sobre sua vida e lembra que você realmente adora chocolate.

Dito isto… Há duas condições onde um sexo casual pode ser possível sem ressaca:

A primeira é quando uma mulher está 100% confortável e forte na sua própria sexualidade, pede o que quer e honra seus limites, tem expectativas zero e não está procurando por nenhum tipo de relacionamento.

A segunda é quando o cara está muito mais interessado nela do que ela nele.

Se uma mulher se sente sufocada por um cara que ela não gosta lá tanto assim, é mais provável que ela deixe ele de lado e siga adiante.

Em ambos os casos estas situações são raras. Frequentemente vejo mulheres se arrependendo de sexo casual quando tentaram se convencer que estavam bem com a situação (quando não estavam).

Mulheres, seu corpo é sagrado e sua sexualidade é uma extensão de seu espírito. Ambos estão aqui para que você curta e expresse de maneiras que sejam saudáveis e prazerosas.

Seu corpo está conectado com sua sexualidade de modo que quando você se abre sexualmente, você está colocando em jogo seu coração doce, carinhoso e sensível.

Explorem modos de experimentar a sensualidade e expressar sua sexualidade de maneiras que não façam se sentirem mal consigo mesmas!

Divirtam-se, namorem, paquerem e comprometam-se a se honrarem e a serem autênticas, quando o assunto é ficar.

Se você está vivendo uma ressaca moral pós-sexo casual:

Perdoe-se e para de se julgar. Navegar nas águas do amor e do sexo pode ser traiçoeiro, tenha calma!

Escreva no seu diário o que você aprendeu das experiências e como isso tem ajudado você a esclarecer o que realmente quer.

Crie diretrizes para ficar que honrem o que for verdadeiro para você e que possam ser seu compasso quando for ficar na horizontal.

Tome as rédeas da sua sexualidade de volta e curta o passeio que esteja mais de acordo com a verdade de quem você é e o tipo de intimidade que você quer dividir com alguém.

banner-pub_erotica-sexshop-quentes-e-carentes